Infinity I - 1,00x1,00 - O.S.T. - 2007

 

Infinity II - 0,80x0,60 - Técnica Mista - 2008 - Menção Honrosa - Grau Platina
"ARTES DO BRASIL III" de 19 Janeiro a 8 de Fevereiro na Galeria Adamastor - Foz Arelho - Portugal

 

INFINITY

Véspera de 2008... Os relógios marcam meia noite. Multidão, fogos de artifício. Em uma praia do litoral do sul do Brasil, eu contemplava o mar, buscando inspiração e energia para o novo ano. Junto às ondas, pequenas conchas. Então a inspiração: Nautilus aquela concha espiralada. Os nautilóides são moluscos marinhos arcaicos, mas ainda existe um gênero vivo no Oceano Pacífico.


Sua concha espiralada me remete à essência do mistério da vida. Assim como ela se centra, também se para, se encontra.


Para os antigos celtas o circular, o espiralado é toda a essência da vida. Para os astecas certas flores que tinham seu centro espiralado eram a alegria do mundo mostrando o ciclo do sol quando nasce e quando se põe. As estações, os solstícios... Os ciclos... Assim como a vida do homem. É a busca, é o retorno, é a partida. É fazer girar a roda do tempo. Espiral é energia em movimento, é minha própria jornada.

Lenir Witzke, 1º de janeiro de 2008